* Preços válidos somente p/ compras pelo Site, Loja Física consulte (51) 9 9400-3819 comercial/whatsapp

Triple Omega 3-6-9 60 Capsulas Softgel

R$86,46

  • Marca: SUNDOWN NATURALS
  • Modelo: TRIPLE OMEGA 3-6-9 60 CAPSULAS SOFTGEL
  • Disponibilidade: Em estoque

O consumo de ômega-3 está associado à diminuição de níveis de colesterol total, triglicerídeos e aumento dos níveis de lipoproteínas de alta densidade (HDL), fatores relacionados a menores índices de doenças cardiovasculares¹. Simultaneamente às observações positivas para variáveis cardiovasculares, foi apontada baixa incidência de doenças autoimunes e inflamatórias, como psoríase, asma, diabetes tipo I e esclerose múltipla² com o consumo de alimentos fontes de ômega-3².

A alimentação enriquecida com ômega-3 pode reduzir em 40% o risco de desenvolver a doença de Alzheimer e em 20 a 30% o risco de desencadear a demência³. Em complemento, a literatura menciona o uso de ácidos graxos essenciais, oriundos do óleo de linhaça, como auxiliares no tratamento de doenças relacionadas a especialidades como reumatologia4, ginecologia5, urologia6, e oncologia7, nenhum desses estudos relatando efeitos colaterais associados à sua utilização.

A suplementação oral com óleo de linhaça traz benefícios para a maioria dos pacientes com olho seco pois os ácidos graxos essenciais possuem propriedades antiiflamatorias naturais. Estudos mostraram também um resultado positivo na diminuição de marcadores associados à aterogênese com doses de 6,5% de óleo de linhaça em relação ao total calórico ingerido8. O consumo de linhaça influenciou também na redução das concentrações séricas de triglicerídeos, particularmente quando ingerida em menor quantidade, enquanto em maior quantidade destaca-se a redução nas concentrações séricas de colesterol total e LDL colesterol9.

O extrato do óleo de borragem é constituído por compostos fenólicos e, por isso, ele também apresenta propriedades antioxidantes. Este composto tem sido utilizado, principalmente em doenças de caráter inflamatório e autoimune, como artrite reumatoide, fibromialgia, asma, dermatite atópica, obesidade, periodontite, entre outras9. Estudos mostram que a suplementação de óleo de borragem durante 2 a 4 semanas modula processos inflamatórios que podem gerar respostas alérgicas e imunológicas. Pacientes com artrite reumatoide, fibromialgia e osteoartrite costumam utilizar óleo de borragem como alternativa da melhora dos sintomas.

O óleo de borragem pode diminuir o potencial aterogênico uma vez que aumenta a biossíntese de macrófagos derivados de PGE1, que inibe a proliferação vascular de células musculares lisas (marcador do processo aterogênico)10. A suplementação de 2g/dia de óleo de borragem e 4g/dia de EPA e DHA diminuiu os níveis séricos de triglicerídeos e colesterol LDL, além do próprio risco de infarto do miocárdio11

INFORMAÇÃO NUTRICIONAL

Porção de 5,16g (3 cápsulas)

Quantidade por porção

% VD*

Valor energético

40 kcal = 168 kJ

3%

Gorduras totais:

3 g das quais

5%

Gorduras saturadas

0 g

--

Gorduras trans

0 g

--

Gorduras monoinsaturadas

0,5 g

--

Gorduras poli-insaturadas

1,57g das quais:

--

Ácido Eicosapentanoico (EPA)

0,318 g

--

Ácido Docosahexanoico (DHA)

0,204 g

--

Colesterol

10 mg

3%

Vitamina E

(15 UI) 10 mg

100%

Não contém quantidade significativa de carboidratos, proteínas, fibra alimentar e sódio.



* Valores diário de referência com base em uma dieta de 2.000 kcal, ou 8.400 kJ. Seus valores diários podem ser maiores ou menores dependendo de suas necessidades energéticas.

Ingredientes: Óleo de peixe, ólelo de borragem, óleo de linhaça, acetado de racealfatocoferol (vitaminha E), gelificante gelatina, veículo glicerina e antioxidante (mistura concentrada de tocoferóis).



Referências:
1. V Diretriz Brasileira de Dislipidemias e Prevenção da Aterosclerose 
2. Dan L. Waitzberg, Ômega-3: o que existe de concreto? 
3. Scarmeas N,Luchsinger JA,Schupf N, Stern Y,Mayeux R, Manly JJ.
Physical activity,diet, and risk of Alzheimer disease. JAMA. 2009;302: 627–37. 
4. FREITAS, D.; SATO, E. H.; SOUSA, L.B. Olho Seco. São Paulo: Poenix Comércio e Produções Editoriais Ltda., 2002, p. 15-53 
5. LEMAY, A.; DODIN, S.; KADRI, N.; JACQUES, H.; FOREST, J. C. Flaxseed dietary supplement versus hormone replacement therapy in hypercholesterolemic menopausal women. Obstet Gynecol, 2002; 100 (3): 495-504. 
6. WAHNEFRIED, W. Effect of flaxseed supplementation on prostatic carcinoma in transgenic mice. Urology, 2002; 60 (5): 919-24. 
7. REYNOLDS, T. Agrements signed to test foods for cancer prevention. J Natl Cancer Inst 1991; 83. (15): 1050-2. 
8. ZHAO, G.; ETHERTON, T.D. et al. Dietary alpha-linolenic acid inhibits proinflammatory cytokine production by peripheral blood mononuclear cells in hypercholesterolemic subjects.
Am J Clin Nutr; 85 (2): 385-391, 2007. 
9. PASCHOAL, V.; MARQUES, N.; SANT’ANNA, VIVIANE. Nutrição Clínica Funcional – Suplementação volume I e II.
Editora VP. 2015 
10. FAN, Y.Y. CHAPKIN, R.S. Importance of dietary gamma-linolenic acid in human health and nutrition. J Nutr; 128 (3): 1411-1414, 1998. 
11. LAIDLAW, M. HOLUB, B.J. Effects of supplementation with fish-oil-derived n3 fatty acids and y linolenic acid on circulating plasma lipids and fatty acid profiles in women. Am J Clin Nutr; 77 (1): 37-42, 2003.

Escreva um comentário

Nota: HTML não suportado.
    Ruim           Bom
Imagem antispam