* Preços válidos somente p/ compras pelo Site, Loja Física consulte (51) 9 9400-3819 comercial/whatsapp

Maca peruana 60 cáps

R$17,88

  • Modelo: Maca peruana 60 cáps
  • Disponibilidade: Em estoque




* Auxilia nos "calores" da menopausa 
* Afrodisíaco 
Boa para o sistema cardiovascular

Quanto mais a ciência avança, mais se descobre que a natureza oferece aos seres humanos tudo o que é necessário para garantir sua alimentação, saúde e bem-estar. Plantas que há poucos anos eram simplesmente ignoradas passam a ser reconhecidas por suas propriedades surpreendentes - que já eram de conhecimento de povos muito antigos. É o caso da maca peruana - atualmente famosa por ser um tônico poderoso capaz de melhorar o desempenho generalizado do organismo.


A planta é de fato surpreendente: desenvolve-se entre 4 e 5 mil metros de altitude, nos Andes Centrais do Peru, com temperaturas que oscilam entre 20 graus positivos e 25 graus negativos, de acordo com o período do dia e a época do ano. Seus nomes populares - "Ginseng dos Andes" e "Viagra dos Incas" - dão boas indicações de suas qualidades. A maca é comparada com o ginseng porque apresenta as mesmas propriedades estimulantes do organismo e do desempenho de várias funções. Vários estudos estão indicando que ela também é indicada para tratamentos hormonais: ao que tudo indica, a planta apresenta determinadas moléculas que possuem a mesma estrutura que os hormônios naturais, tanto do homem quanto da mulher.


Muitos destes estudos estão sendo feitos com mulheres na menopausa que necessitam de tratamentos de reposição hormonal e, até o momento, os resultados têm sido satisfatórios na diminuição dos calores ou fogachos, na prevenção e controle da osteoporose e no estado emocional geral, com a vantagem de não apresentar os efeitos colaterais comuns nos tratamentos de reposição hormonal tradicionais.


A maca (Lepidium meyenii) é uma crucífera qualificada como uma das raízes e tubérculos andinos de mais alto conteúdo protéico. Ela tem a surpreendente capacidade de crescer em alturas extraordinárias: de 3800 a 4800 metros de altitude no local mais inóspito da Cordilheira dos Andes, onde as temperaturas são extremas: do intenso calor da manhã às mais frias noites, com gélidos ventos, nevadas persistentes e a intensidade da luz a estas alturas. Em local tão hostil, onde há pouco oxigênio, existe rara vegetação: só crescem batatas amargas e a maca. Não existem árvores, apenas plantas com poucos centímetros de altura.



A maca peruana é rica em sais minerais é nas vitaminas B1, B2, C e E com ômegas 3 a 9. Irá encontrar também zinco, fósforo e selênio entre suas propriedades.  


Também é ótima fonte de fibras, carboidratos complexos, alguns aminoácidos. Por causa do seu alto valor nutritivo, essa planta pode proporcionar uma série de benefícios para o nosso corpo. 



 É afrodisíaco

A maca peruana sempre foi bastante utilizada na medicina como uma substância que aumenta o desejo sexual. Um estudo realizado por um cientista peruano conseguiu observar os efeitos do tubérculo em indivíduos do sexo masculino com idades entre 24 e 44 anos durante 4 meses. O resultado mostrou aumento da quantidade de sêmen e maior mobilidade espermática.


Também reduziu os níveis de estresse, o cansaço e a ansiedade. Acredita-se que o alimento em questão tenha ação sobre as glândulas suprarrenais e o hipotálamo.


=> Auxilia na perda de peso e emagrecimento


Desde de já é bom saber que: a maca peruana não faz milagres e não vai fazer você perder todo o peso sem ajuda. Aliar dietas formuladas por um profissional e exercícios físicos orientados é a atitude mais importante para se tomar.


Apesar de a maca peruana ser rica em carboidratos (mais de 56% de sua composição) ela é rica em fibras. Isso ajuda a aumentar a saciedade fazendo você comer menos e ainda evita que se forme o pico de insulina. Mas, o mais importante é que se você quer perder peso precisa melhorar os hábitos de vida.


=> Pode prevenir o diabetes

Quem possui grandes chances de desenvolver diabetes, seja por motivos genéticos ou pelo estilo de vida, a maca peruana pode ajudar. Graças ao seu elevado teor de fibras, ela consegue reduzir a velocidade de absorção de glicose pelo organismo. Assim sendo, os níveis de insulina permanecem baixos mesmo depois de comer carboidrato.


Quando liberamos grandes quantidades de insulina, com o tempo, cria-se uma certa resistência à entrada desta nas células. Ela fica circulando na corrente sanguínea e os níveis começam a permanecer sempre elevados.


=> Boa para o sistema cardiovascular

A presença do ômega 3 na maca peruana faz com que o sistema cardiovascular também seja beneficiado. Essa substância tem um efeito vasodilatador que auxilia na redução da pressão arterial e também reduz as taxas de colesterol ruim (ele reduz o LDL e ainda ajuda a aumentar os níveis de HDL) o que auxilia na prevenção do desenvolvimento de placas que ateroma. Estas, por sua vez, são responsáveis por causar infartos cardíacos e AVC pela oclusão do vaso sanguíneo.


=> Pode auxiliar no tratamento da anemia

Apenas 1000 mg de maca peruana apresenta 16 mg de ferro. Quando esse nutriente está em baixa no organismo pode desenvolver uma doença chamada de anemia ferropriva. Para ter essa substância sempre em equilíbrio, os homens devem consumir diariamente entre 8 e 11 mg e as mulheres entre 15 e 18 mg.


A quantidade costuma variar de acordo com a idade do indivíduo. O ferro é um ator principal na construção das células vermelhas, responsáveis por levar oxigênio aos tecidos.


=> Fortalece o sistema imune

A maca peruana é um tipo de alimento que faz parte do grupo dos adaptógenos. Como o próprio nome sugere, esse tipo de alimento ajuda o organismo a se adaptar às diversas condições do ambiente, adaptando força e resistência muscular. Alguns profissionais especializados em fitoterapia ainda recomendam a maca peruana para ajudar na Síndrome da Fadiga Crônica.


=> Aliada dos ossos

Um dos grandes vilões de que avança na idade é a osteoporose. Principalmente nas mulheres, após a menopausa, a doença tem mais chances de aparecer já que a falta de presença de alguns hormônios pode deixar os ossos desprotegidos. Infelizmente, a maca peruana não trata a patologia, mas pode ajudar e muito na prevenção.


Recomenda-se uma dose diária de 1000 mg de maca peruana já que nesta quantidade é possível fornecer 150 mg de cálcio. Com essa mesma quantidade de leite é possível obter apenas 100 mg de cálcio. Ou seja, apesar da fama do leite em ser rico em cálcio, alguns alimentos apresentam-se mais benéficos nesse aspecto.


=> Alivio dos sintomas da menopausa

A maca peruana consegue conter as ondas de calor sem produzir os efeitos colaterais que alguns medicamentos oferecem. Não se sabe ainda quais os reais mecanismos nos quais isso acontece, mas acredita-se que as propriedades como redução da fadiga, aumento da libido e a formação de uma barreira contra a desidratação que se forma sobre a pele podem ter relação direta com os benefícios.


Sugestão de uso
2 cápsulas pela manhã

Escreva um comentário

Nota: HTML não suportado.
    Ruim           Bom
Imagem antispam