MENU
COLÁGENO VERISOL 120 CÁPS
  • COLÁGENO VERISOL 120 CÁPS
  • COLÁGENO VERISOL 120 CÁPS

COLÁGENO VERISOL 120 CÁPS

INFO

  • - Marca: TIARAJU
  • - Modelo: COLÁGENO VERISOL 120 CÁPS
  • - Disponibilidade: Em estoque
R$40,30

Qtd



2,5g de colágeno por porção


Sugestão de uso Gigantic Suplementos
2,5g pela manhã e 2,5g a noite(TODOS DIAS)
VeriSol® contém peptídeos bioativos de colágeno, obtido através de uma quebra enzimática patenteada, que origina peptídeos específicos para atuar nas camadas mais profundas da pele de dentro para fora, restabelecendo o metabolismo das células dérmicas com a administração de uma pequena dose diária.
Combate a formação de rugas e contribui para o aumento da elasticidade e hidratação da pele; É o único que contém Peptídeos Bioativos de Colágeno especialmente desenvolvidos para uma melhor absorção e síntese pelas células da pele; Atua nas camadas mais profundas da pele agindo de dentro para fora.


Por que VeriSol®?
VeriSol® contém peptídeos bioativos de colágeno, obtido através de uma quebra enzimática patenteada, que
origina peptídeos específicos para atuar nas camadas mais profundas da pele de dentro para fora, restabelecendo o
metabolismo das células dérmicas com a administração de uma pequena dose diária.
O Colágeno comumente hidrolisado por processos industriais convencionais, não são capazes de originar ligações
peptídicas específicas para atuar diretamente nas células dérmicas. Além disso, apresentam odor e sabor
desagradáveis, pouca solubilidade e dosagem elevada.
VeriSol® atinge as células das camadas mais profundas da pele, atuando onde cosméticos não são capazes de
atingir, oferecendo uma ação antiaging de dentro para fora, com resultados perceptíveis a partir de 8 semanas de
tratamento. 

Além da capacidade estimuladora de VeriSol®, um efeito antioxidante significativo foi detectado, devido ao
aumento da enzima antioxidante primária (Manganês superóxido desmutase – MnSOD) em células dérmicas
humanas saudáveis.
Um estudo in vitro randomizado, placebo controlado em células dérmicas da pele de um grupo de camundongos
tratados com VeriSol® por via oral e outro grupo tratado com placebo, foi realizado, onde alguns animais
apresentavam a pele normal e outros foram submetidos a agressões cutâneas, levando a irritação. Como esperado,
houve o aumento significativo da expressão de MnSOD nos camundongos tratados com VeriSol®. Além disso,
processos inflamatórios após irritação da pele dos animais foram regulados, apresentando uma significativa
diminuição na expressão das ocitocinas inflamatórias: TNFα, IL-1β e IL-6. Outros parâmetros analisados mostraram
que os animais tratados com placebo, apresentaram a função barreira comprometida, caracterizados por um
aumento na perda de água transepidérmica (TEWL), enquanto que os animais tratados com VeriSol® a TWEL não foi
alterada. De acordo com esta observação, um aumento significativo da hidratação da pele foi detectada após a
administração de VeriSol® na pele saudável e irritada, respectivamente. 
Em conclusão, os dados pré-clínicos demonstram claramente os efeitos estimulantes de VeriSol® sobre o
metabolismo celular dérmico em células da pele e seus tecidos. VeriSol® tem um impacto positivo sobre na
melhora da função barreira cutânea, bem como o seu equilíbrio hídrico (hidratação). Além disso, VeriSol® tem uma
influência positiva sobre a manutenção e regeneração da elasticidade e luminosidade da pele.

Redução das rugas promovido pelo Verisol
Os resultados indicaram que uma dose diária de 2,5g de VeriSol®, levou a uma significativa redução no volume das
rugas na região periocular (aprox. 12%) em comparação com o grupo placebo, após 4 semanas de tratamento. Este
efeito foi ainda mais pronunciado após 8 semanas, indicando uma redução em média de 30% da profundidade das
rugas no grupo tratado com VeriSol®.
No final de 4 semanas após o término do tratamento (Fase de regressão), as mulheres que receberam VeriSol®,
ainda apresentaram uma redução de 16% da profundidade das rugas, em comparação com o grupo placebo.
VeriSol® também estimulou a síntese de importantes fibras elásticas na derme. Os resultados foram mensurados
através do teste de bolha de sucção (punção), mostrando um aumento estatisticamente significativo de prócolágeno (65%) e elastina (18%), após 8 semanas de ingestão diária de 2,5g de VeriSol®, em comparação ao
placebo. Além disso, a concentração de biglicano também foi aumentada em 40%.
Com base nos dados demonstrados, podemos concluir que, uma dose diária de 2,5g de VeriSol® tem um efeito
benéfico na pele, tal como uma significativa redução do volume das rugas perioculares. Os dados sugerem que o
efeito positivo é causado pelo aumento detectado do colágeno tipo I e síntese de elastina.
As imagens abaixo mostram a melhora na luminosidade na pele, e diminuição de rugas perioculares promovidas por
VeriSol® (Figura 2).
Os resultados indicam que uma dose diária de 2,5g de VeriSol® reduziu a profundidade das rugas em mais de 30%
em comparação ao tratamento com placebo. O efeito positivo de VeriSol® na redução das rugas foi sustentada e
claramente visíveis mesmo após 4 semanas após o término do tratamento.
Esta melhora clínica sobre o estado fisiológico e biomecânico da pele corresponde ao aumento da síntese de
colágeno e elastina.
Já o aumento da elasticidade da pele promovida através do tratamento com VeriSol® (2,5g e 5g/dia) é cerca de 6 –
8%, após quatro e oito semanas de ingestão, em comparação aos voluntários tratados com placebo.
VeriSol® ocasionou o aumento da expressão de colágeno tipo I e proteoglicanos envolvidos na formação e
sustentação das fibras elásticas dérmicas. Assim, um efeito antiaging é causado por alterações notáveis na derme
após o tratamento oral com VeriSol®. 

Melhora dos parâmetros fisiológicos e biomecânicos da pele, promovidos por VeriSol®. 
Após 4 semanas de tratamento, ambas dosagens de VeriSol® (2,5 e 5g), promoveram um aumento da elasticidade
da pele em até 15%, em comparação ao placebo, sendo que este efeito se manteve após 8 semanas de
administração oral contínua do ativo (Gráfico 5) e 4 semanas após o término do tratamento (Fase de regressão), o
grupo que ingeriu VeriSol® apresentou maiores níveis de elasticidade da pele em comparação aos voluntários do
grupo placebo.
Gráfico 5. Aumento significativo da elasticidade da pele, após a administração oral de VeriSol® versus placebo
VeriSol® também foi capaz de promover um aumento significativo da hidratação cutânea (11-14%) e menor perda
de água transepidérmica nas voluntárias (6-7%), o que indica que VeriSol® tem a capacidade de regenerar a barreira
epidérmica e otimizar a síntese de proteoglicanos dérmicos na pele envelhecida, de dentro para fora.
Além da regeneração da matriz extracelular, VeriSol® promoveu uma diminuição significativa da rugosidade da pele
(2-4%) na dosagem mais baixa de 2,5g/dia, em todos os voluntários tratados.
Redução das rugas promovido por VeriSol®
Outro estudo clínico duplo-cego, randomizado, placebo-controlado, avaliou a eficácia da administração oral de
VeriSol® na melhora das rugas na região dos olhos (região periocular). O objetivo secundário foi detectar o
aumento do colágeno tipo I, tropo-elastina e biglicano, através da análise de sucção de fluídos (punção).
Mais de 100 voluntários saudáveis, do sexo feminino, com idades entre 45 e 65 anos, foram recrutados e
subdivididos em 2 grupos, onde receberam Placebo e VeriSol® na dosagem de 2,5g/dia, por um período de 8
semanas, seguido de 4 semanas após a última ingestão (Fase de regressão). Cerca de 40% dos indivíduos foram
incluídos ainda para a bolha de sucção (punção) no lado interno do antebraço direito. 

1. Rebello, Tereza. Guia de produtos cosméticos, Ed. 7, Editora Sena, São Paulo, 2008.
2. Choi CP, Kim YI, Lee JW. The effect of narrowband ultraviolet B on the expression of matrix
metalloproteinase-1, transforming growth factor-beta1 and type I collagen in human skin fibroblasts. Clin.
Exp. Dermatol., 2007, 32: 180-185.
3. Young-Gyu C, Mi-La C, So-Youn M, Ho-Youn K. Type II collagen autoimmunity in a mouse model of human
rheumatoid arthritis, Catholic University of Korea, 2007, 7:65-70.
4. Oesser S, Adam M, Babel W, Seifert J. Oral administration of (14)C labeled gelatin hydrolysate leads to na
accumulation of radioactivity in cartilage of mice (C57/BL). J. Nutr 1999; 129 p. 1891-5.
5. Watanabe-Kmiyama M, Kamiyama S, et al. Absorption and effectiveness of orally administered low
molecular weight collagen hydrolysate in rats. J Agric Food Chem, 2010; 58 835-41.
6. Primavera G. Berardesca E. Clinical and instrumental evaluation of a food supplement in improving skin
hydration. Int J Cosmet Sci, 2005; 27 199-204.
7. Rawlings AV, Harding CR. Moisturization ans skin barrier function. Dermatol Ther, 2004; 17 Suppl 1 43-8.
8. Sandilans A, Sutherland C, Irvine AD, McLean WH. Filaggrin in the frontline: role in skin barrier function
and disease. J Cell Sci, 2009; 122 1285-94.
9. Cozzolino SMF. Biodisponibilidade de Nutrientes. São Paulo: Ed. Manole, 2005.
10. Dossiê Técnico Gelita. 

Comentários (0)

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.